O perigo de não registrar sua marca

26 de abril de 2021

Compartilhe!

Você sabe quais os riscos de não registrar sua marca? Conheça alguns deles agora!

INFRINGIR MARCAS DE OUTRAS EMPRESAS

Um dos maiores riscos de não ter sua marca registrada é a sua empresa usar uma marca que já está registrada por terceiros. O uso não autorizado de uma marca pode levar a diversos procesos judiciais, tendo como consequência o pagamento de altas indenizações e a necessidade de mudar o nome da sua empresa.

PERDER O DIREITO DE USO

A Lei da Propriedade Industrial (Lei 9.279/96) define que a pessoa/empresa que registrar primeiro uma marca terá direito ao uso exclusivo da mesma em todo o território nacional. Ou seja, mesmo que sua empresa opere há anos no Brasil com um nome não registrado, a partir do momento que um terceiro faça o registro, ele terá o direito sobre essa marca. Com isso, você será obrigado a parar de usar o nome de sua empresa, impactando diretamente o seu negócio.

PREJUDICAR A IMAGEM DA EMPRESA

Os clientes criam um vínculo emocional com as marcas que gostam e isso faz com que eles sejam fiéis a elas. Mudar a sua marca significa quebrar esse vínculo e perder essa relação com o cliente, esta que você investiu tempo e dinheiro para criar.

NÃO TER OS DIREITOS LEGAIS SOBRE A MARCA

Para algumas empresas, o ativo mais valioso é a própria marca. Registrar essa marca permite que você possa licenciar o uso da mesma para terceiros e cobrar royalties sobre isso. Por exemplo, sua marca é uma referência no mercado de fabricação de produtos plásticos. Você pode fazer um contrato de licenciamento permitindo que uma outra empresa fabrique e venda produtos com a sua marca, recebendo o pagamento de royalties para tal.

NÃO ESTAR PROTEGIDO DA CONCORRÊNCIA

Sem uma marca registrada, qualquer concorrente pode se aproveitar da credibilidade de sua empresa e ‘roubar’ seus clientes. Por exemplo, você faz uma campanha de marketing forte relacionada ao “produto X” para atrair mais leads. Seu concorrente pode simplesmente se aproveitar dessa oportunidade e criar um produto parecido, inclusive com o mesmo nome “produto X”. Se você tivesse o registro da marca do “produto X” seu concorrente estaria correndo riscos de sofrer processos judiciais.

Cesar-03
Cesar-04

Artigos Relacionados

Futuros Advogados

Futuros 2

173780390_782704292359800_3989338200628209325_n

Um pequeno erro em seu contrato, pode gerar um problemão

181912546_481849382935428_2593896906632341108_n

Coação